Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Quem eu fui

Sábado, 20.10.07

Vejo-me nos caminhos já estreitos do pensamento

onde tudo perde a cor a forma

no crepúsculo pardo no cair da noite

neste abandono dos dias desbotados

resvalo lentamente nos resto de mim

Quem eu fui...

perco-me nas esquinas que dobrei

não vislumbro já as luzes da cidade

inquieta-me esta memória apagada

esta demência de mim

não os vejo

não os tenho

os que abracei e embalei

nesta mãos tolhidas e frias

Quem eu fui...

são os meus passos arrastados o eco longínquo

ah...não era a tua voz...nem o sorriso dos meninos

estes laivos de mim, que me assolam em surdina

sento este corpo seco e curvado

num descanso doloroso

numa espera confusa...de nada

Quem eu fui...

afunila-se o caminho vagueio pela indiferença dos dias e das noites

nesta angústia de já não me saber aqui

recolho-me a esta demência de sombras

e numa réstia de quem fui...sinto o calor de uma lágrima

como um afago, um carinho

neste rosto outrora aveludado, luminoso

Hoje sulcado,ressequido,apagado pelo esquecimento.

OBS:

Este texto,estava guardado como muitos outros.Esta publicação deve-se ao maravilhoso texto postado no blogue "Lua de Sol".Que foca com pertinência,a solidão e o esquecimento a que sujeitamos os nossos idosos.Este é o meu grito de revolta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por dolce_vita às 20:07


11 comentários

De A VER NAVIOS a 20.10.2007 às 21:11

Mais um belo texto. Já tinha saudades, francamente.
Ao ler, comecei a assustar-me. Tanto cinza era algo que não consegia entender.
Finalmente as (OBS.) vieram explicar tudo.
Assim, sim. Ok. Estamos totalmente de acordo.

Cumprimentos e bom fim de semana.

J. Lopes

De FELINO a 20.10.2007 às 23:44

Nunca ficaremos só quando temos um amigo por perto. A alma poderá estar só, mas sabemos que quem segura a nossa mão é uma mão amiga.

Beijo de um admirador de textos

De angel a 21.10.2007 às 12:46

A lua de sol ...realmente tem muito jeito para escrita já tive oportunidade de ler mais algumas coisas...este tem um toque muito especial...gostei muito...
um beijinho dolcevita um optimo domingo

De princesa_de_cristal a 22.10.2007 às 12:41

Olá amiga. A solidão sempre foi algo q me assustou, e no entanto, n consigo deixar de pensar no q os idosos hoje em dia sofrem, enviados p um lar, como algo q já n presta, q já n é útil p nada. Eu, pelo menos, tenho aminha avó cmg e nunka me passou pela cabeça colocá-la num lar! Nem os meus pais, no entanto, ninguém pode adivinhar o q se vai passar no futuro e sei lá eu se n irei para a um lar? Axo q a simples palavra me causa arrepios... Mas a verdade é q os idosos vivem mt sozinhos nos nossos dias...
E é triste... beijinhos

De daplanicie a 22.10.2007 às 12:49

Um magnífico texto de alerta para que tenhamos um pouco mais de cuidado e atenção para com os nossos idosos. Afinal de contas, também lá chegaremos (na melhor da hipóteses...)
Beijinhos

De Lua de Sol a 22.10.2007 às 21:48

Não disse que seria muito bom?! É mesmo. Este texto é a prova de que podemos descrever as coisas mais tristes da forma mais bela... Os nossos idosos são, na sua maioria, votados à pobreza e à solidão. Quanto à primeira, será mais difícil fazer qualquer coisa, mas no que respeita à segunda... Que tal sermos mais solidários, mais amigos, mais gratos? Todos seremos velhinhos, um dia, se lá chegarmos, e não vamos querer passar por essa solidão sofrida e calada...

Um beijo grande para a Rosa

De Zita a 23.10.2007 às 16:24

Os meus familiares mais idosos viveram sempre comigo, houve disponibilidade entre todos para os cuidados das situaçoes mais dificeis. Eramos 7 em casa. Não sou a favor do abandono, vivo perto de um lar da misericordia e desde a infancia me habituei a passar lá algumas tardes inclusivé a organizar festas e convivios, reconheço que muitos dos idosos deste lar são muito sós, ninguem os visita. Penso na amargura que sentem. Sei que muitos dos filhos são egoistas, esquecem-se simplesmente porque até é mais agradavel passar uma tarde de domingo num outro sitio qualquer do que a ouvir as historias da semana do "velhote". Por outro lado o trabalho a que somos obrigados para uma melhor qualidade de vida também é impeditivo e vejamos os nossos bébés vao tao cedo para os infantarios (3/4 meses). Não haverá em certa parte alguma semelhança? Peço desculpa por me ter alongado mas acho que a par da falta de caracter e sensibilidade de alguns tambem vivemos numa país muito deficiente a nivel social.
Cumprimentos Rosa

De dolce_vita a 24.10.2007 às 01:32

Olá Zita
Pode sempre alongar-se nos comentários ,dizer o que pensa ,e o que disse enriquece o que escrevi.Temos um páis que desumaniza ,não cria condições nem para as crianças ,nem para os idosos,não previlegia a família.Obrigam a um corte do cordão umbilical cedo demais,com os filhos,quanto aos idosos...em troca de uma vida de trabalho e dedicação dão-lhes um passeio por ano pago por autarquias que fazem de conta que cuidam dos "velhinhos".Não temos uma cultura de protecção e respeito pelo outro.
Obrigada Zita pelo carinho que me tem dispensado nos seus comentários.
Rosa

De dolce_vita a 29.12.2007 às 01:24

Ola Zita ,esta foi a forma que tive para lhe desejar continuação de boas festas.Que o ano de 2008,seja pleno de saude,alegria e paz ,a estes meus desejos acrescento a concretização de todos os seus sonhos.
Tudo de bom para si e família e que continuemos a encontrar-nos ,mesmo virtualmente,há pessoas que se cruzam no nosso caminho e ficam para sempre
Um abraço desta amiga

De TiBéu ( Isa) a 23.10.2007 às 22:21

Adorei ler o texto e sentir que ainda existe carinho para com os menosjovens, continua com essa forma de pensar.
Deixo um bj de boa noite

De dolce_vita a 24.10.2007 às 01:37

Olá
É muito bom saber e sentir que muitos de nós,apesar da vida atribulada que temos,vamos olhando para o lado.Não podemos mudar o mundo,é utopia...mas se dedicarmos um pouco de nós,um sorriso,uma conversinha,um olá está bem? fazemos a diferença.afinal os nossos avós,pais,vizinhos esperam isso de nós.
um abraço

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Outubro 2007

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031